Mamiferos



Ameaçado

Nome comum: Baiji
Nome em Português: Baiji ou Golfinho Branco
Nome em inglês: Chinese River Dolphin
Nome Científico: Lipotes vexillifer 
Outros Nomes: Yangtze rio golfinho, Pei C'hi, golfinho de Whitefin, golfinho de Whiteflag, golfinho de rio chinês
Reino: Animal
Filo: Chordata
Classe: Mamífero
Sub classe: Eutheria
Ordem: Cetacea
Sub ordem: Odontoceti (baleia Dentada, golfinho ou toninha)
Superfamília: Platanistoidea
Família: Lipotidae
Gênero: Lipotes
Tamanho: Baiji têm 80 a 90 cm (32 - 35 em) quando eles nascem. Adultos com 2 anos - 2.4 metros (6 ft 6 em - 8 ft).
Peso: Quando eles nascem, baiji pese entre 2.5 e 4.8 kg (6 - 11 lb). baiji de Adulto pese entre 100 e 160 kg (220 - 355 lb).
Habitat: Rio Yangtze, China
Tempo de vida: 30 anos
Alimentação: Pequenos peixes e camarão
Dentição: Eles têm uma média de 65 dentes em cada fila de ambas as mandíbulas.
Descrição: O Baiji possui o corpo claro em um tom azulado cinzentado e sua barriga é branca ou um branco acinzentado. A barbatana é muito baixa e de forma triangular e as nadadeiras são arrendodadas e curtas. Olhos pequenos.
População: ZERO
Estatistica: EXTINTO. O animal era um autêntico fóssil vivo, que habitava as águas do rio mais longo da China há 25 mil anos. Cerca de 400 baiji viviam no rio Yang Tse em 1980. Na última pesquisa, em 1997, foram avistados 13 golfinhos, e um pescador disse ter visto um 

exemplar em 2004. 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
   Canguru rato


NOME COMUM: Cangurú-rato
NOME EM INGLÊS: Rufous bettong 
NOME CIENTÍFICO: Aepyrymnus rufescens 
FILO: Chordata 
CLASSE: Mammalia 
ORDEM: Marsupialia 
FAMíLIA: Macropodidae 
COMPRIMENTO: (canguru-rato vermelho) 50 cm 
CAUDA: 40 cm 
PESO: 2,5 kg
Como muitos outros animais nativos da Austrália, o canguru-rato está ameaçado de extinção. Embora seja menos caçado que o canguru, o canguru-rato é envenenado pelos fazendeiros por que algumas espécies são suspeitas de armazenar grãos de cereais. Além disso, ele morre em consequência da escassez de comida provocada pelos coelhos que os colonos introduziram nesse lugar.
Existem nove espécies de cangurus ratos, espalhadas pelos mais diversos habitats da Austrália e Tasmânia, desde as florestas até os desertos. São pequenos marsupiais parecidos com ratos, embora tenham cauda mais curta e patas traseiras robustas, bem maiores que as dianteiras. As orelhas são arredondadas, a pelagem vai do cinza ao marrom e o ventre é branco. O gigante da espécie é o canguru-rato vermelho, que vive na estepe cerrada. Ele se desloca aos saltos, como todos os cangurus, zigue-zagueando quando é perseguido. Alimenta-se principalmente de folhas e raízes e pode passar um bom tempo sem beber. Os filhotes nascem sob a forma de minúsculos embriões e devem alcançar a bolsa marsupial por si mesmos, para completar seu desenvolvimento.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
   Panda vermelho

NOME COMUM: panda-vermelho
NOME EM INGLÊS: The red panda
NOME CIENTÍFICO: Ailurus fulgens
FILO: Chordata
CLASSE: Mammalia
ORDEM: Carnivora
FAMÍLIA: Procyonidae
COMPRIMENTO: até 60 cm, mais 40 cm para a cauda
ALTURA: até 35 cm
PESO: até 4 kg
GESTAÇÃO: Uma gestação por ano
FILHOTES: 1 a 4 filhotes
PERÍODO DE GESTAÇÃO: 90 a 150 dias

A cor alourada, o pêlo sedoso e a cauda comprida fazem com que ele se pareça com uma raposa. Sem a cauda assemelha-se a um ursinho. Seu tamanho é o de um gato. Quem é ele? É o panda-vermelho, cujo pelame brilhante e a aparência graciosa são tão apreciados. Pacífico e sociável, é facilmente transformado em um bom bichinho caseiro. Gosta de gulodices, especialmente arroz-de-leite.

Esse pequeno carnívoro noturno habita as matas densas das encostas sudeste do Himalaia, vivendo em altitudes de 1500 a 4000m. É encontrado no Nepal, no Sikkim, norte da Birmânia e sul da China. Vive principalmente nas árvores. Suas patas vigorosas e garras fortes fazem dele um bom trepador. O panda dorme de dia e alimenta-se à noite. Anda aos pares ou em grupos de família. Seu alimento consiste em ervas, frutos, raízes e brotos de bambu. Come também insetos e filhotes de pássaros. O panda usa as patas para levar o alimento à boca.

Na primavera, a fêmea dá à luz 1 ou 2 filhotes, raramente mais. Esse filhote só abre os olhos depois de 25 dias e fica com seus pais até 1 ano de idade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário